Conheça
Núcleos
Comunicação
FUG
Diretórios
Estatuto
Documentos
Filie-se
Participe!

MDB Trabalhista discute Medida Provisória 927

O presidente do MDB Trabalhista, Washington Santos, o Maradona, organizou na última sexta-feira (15) uma reunião virtual para discutir a Medida Provisória 927, que trata de flexibilização das leis trabalhistas durante a pandemia da Covid-19.

O MDB Trabalhista tem críticas ao texto da MP, afirmando que a medida “é vista como uma mini reforma trabalhista não favorável aos trabalhadores”.

Indicado relator da MP 927, o deputado Celso Maldaner (MDB-SC) participou da reunião promovida pelo MDB Trabalhista e considerou as ponderações realizadas durante o encontro.

Os dirigentes sindicais da UGT Ricardo Patah (presidente) e Canindé Pegado (secretário geral) também marcaram presença.

Na oportunidade, Maradona atuou também como membro da Comissão Tripartite Paritária Permanente (CTPP), que é responsável por discutir, revisar e aprovar Normas de Saúde e Segurança do Trabalho. O objetivo da videoconferência foi o de reforçar a atuação dos sindicatos nas negociações trabalhistas, o que não está previsto na MP apresentada.

“Apresentamos algumas preocupações  com relação a alguns pontos da MP que, além de não resolver o problema, deixa a representação dos trabalhadores de lado nos processos de negociação”, explicou Ricardo Patah.

Segundo Maradona, a conversa foi importante porque, apesar de a MP ter validade somente neste período de pandemia, é muito comum, no Brasil, que Medidas Provisórias tornem-se definitivas. “Diante disso precisamos salvaguardar os direitos dos trabalhadores”, disse.

A reunião contou também com a presença do deputado Paulo Pereira da Silva, de Clemente Lúcio, do Dieese, e de presidentes das centrais sindicais coirmãs.

O debate teve o apoio do presidente do MDB, deputado Baleia Rossi (SP).

Publicações

Relacionadas