Conheça
Núcleos
Comunicação
FUG
Diretórios
Estatuto
Documentos
Filie-se
Participe!

Partidos cancelam eventos por causa da pandemia de coronavírus – Valor Econômico

ATENÇÃO!

– O MDB Nacional NÃO fará eventos.

– Reuniões administrativas acontecerão apenas para cumprir prazos da legislação eleitoral.

– Filiações devem ocorrer individualmente, com o comparecimento do interessado ao diretório municipal

Leia a íntegra da matéria: 

Partidos cancelam eventos por causa da pandemia de coronavírus – Por Valor Econômico

Por Andrea Jubé, Valor — Brasília

A evolução da pandemia do coronavírus no Brasil impactou as articulações partidárias para filiar novos quadros para disputarem as eleições municipais. A menos de 20 dias do prazo final, dirigentes cancelaram viagens e atos partidários para atender à recomendação do Ministério da Saúde de evitar aglomerações, que aumentem as chances de contaminação.

O prazo legal para novas filiações expira no próximo dia 4 de abril. O Valor apurou, entretanto, que não há articulação dos dirigentes partidários para solicitar ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) a prorrogação do prazo. Os dirigentes acreditam que a fase aguda da pandemia no Brasil deve encerrar até junho. Em julho começam as convenções partidárias para definição das chapas e, em agosto, as campanhas.

O presidente do MDB, deputado Baleia Rossi (SP), cancelou agenda que teria em municípios do ABC paulista neste final de semana. O presidente do PSD, Gilberto Kassab, que estava visitando Estados em todo o país, disse ao Valor que cancelou as visitas que faria ao Ceará e Piauí nos próximos dias.

O presidente do PP, senador Ciro Nogueira (PI), gravou um vídeo desculpando-se com os apoiadores de sua base eleitoral, o Piauí, informando que cancelou agendas em 30 municípios nos próximos dias por causa da pandemia. “Todo o planeta está em alerta” por causa do aumento dos casos de coronavírus, diz Ciro, e o PP “tem que contribuir para garantir o cuidado com o nosso povo”.

Em linhas gerais, os partidos recomendaram o cancelamento dos eventos públicos. O “MDB não fará eventos”, diz o comunicado do partido. Baleia Rossi orientou que atos de filiação ocorram individualmente apenas com o comparecimento do interessado ao diretório municipal.

Na mesma linha, o PP “suspendeu todos os eventos públicos e com aglomeração de pessoas”. A direção nacional do PSD recomendou aos diretórios que “evitem e adiem eventos e reuniões que não sejam imprescindíveis” e as reuniões necessárias devem ter a menor quantidade de pessoas.

O presidente do Republicanos e vice-presidente da Câmara, Marcos Pereira (SP), divulgou nota oficial distribuída pelo partido e em suas redes sociais orientando que os eventos políticos das próximas duas semanas – prazo final das filiações – “sejam de preferência em locais abertos, com poucas pessoas, e evitem o contato físico”. Ele alerta para a necessidade da “boa assepsia” e para o uso de álcool gel.

 

 

Publicações

Relacionadas